Detector de gases tóxicos F12

O detetor de gases tóxicos da série F12/D foi especificamente concebido para proporcionar um elevado nível de confiança e fiabilidade. Por este motivo, um grande número de “Smart Sensors” possui um sistema de auto-verificação único que utiliza um “teste de impacto”. Não se trata de um teste eletrónico, mas de uma verificação real utilizando um gás gerado no local, que é efectuada com uma frequência regular de 24 horas. A disponibilidade de uma verificação diária proporciona a segurança necessária na desinfeção, esterilização e muitos outros processos em que é essencial garantir a ausência de gases tóxicos nos ambientes de trabalho.

Para as aplicações que o exijam, o detetor F12 está também disponível numa versão intrinsecamente segura (IS).

Sensores inteligentes

O F12/D utiliza sensores inteligentes que são facilmente intercambiáveis. Cada sensor contém a eletrónica que condiciona e interpreta o sinal e uma memória de dados. Os sensores podem ser calibrados no terreno ou simplesmente substituídos utilizando uma unidade de reserva para evitar a utilização de gases de calibração padrão na fábrica. Os sensores também podem ser enviados para o Energy Upgrades, o que é especialmente útil para gases que são caros ou difíceis de obter.

As definições de calibração (zero e amplitude) são armazenadas na memória do sensor e podem ser consultadas no ecrã F12/D. Estes dados são muito úteis para avaliar o estado do sensor e para estimar o tempo de vida útil restante.

Outras características incluem
  • Sensores intercambiáveis: o F12/D tem capacidade para 60 sensores Smart diferentes.
  • Auto-verificação do sensor: teste de resposta automático com gerador de gás real integrado. O histórico do teste é armazenado na memória do sensor para ser revisto em qualquer altura.
  • Sensor aquecido: esta função permite que o sensor funcione corretamente em condições de humidade elevada, evitando problemas de condensação.
  • Instalação remota do sensor: uma caixa de junção externa com saídas digitais permite que o sensor seja colocado até 150 m de distância da unidade de visualização F12/D.
  • Registador de dados interno: os valores de gás são armazenados em intervalos definidos pelo utilizador, de 1 a 60 minutos. Estes dados podem depois ser visualizados ou representados no ecrã LCD.
  • Histórico de calibração: as definições de calibração são armazenadas na memória de cada sensor e podem ser visualizadas no ecrã do F12/D.
  • Comunicação: o F12/D oferece saídas analógicas, relés sem tensão, bem como HART® ou Modbus RTU
Opções de montagem

Descrição

Detetor de gases tóxicos. Disponível numa versão intrinsecamente segura (IS).